23 janeiro 2017

Como orientamos nossas escolhas?





Como orientamos nossas escolhas? De que forma a vergonha encontra seu lugar na ética, a fim de que possamos pensar e agir para além do comodismo e dos prazeres individuais.
Não tenho a intenção de passar por essa experiência de vida sem deixar marcas da prática do bem e da ética, mas sei que jamais conseguirei fazer isso sozinha , por isso sigo solicitando a participação da população nesse trabalho que não é meu, mas é nosso.
Audiências Públicas para temas importantes que encaminham políticas públicas de bem viver coletivamente .
Participação da comunidade perante seus próprios interesses, eu acredito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário