21 abril 2016

E por falar em Impeachment


Momento Atual, não tem como deixar de falar desse momento que estamos vivendo na economia e política do Brasil e destaco dos muitos dois pontos: O primeiro a liderança.
Eu vejo esses últimos acontecimentos de maneira preocupantemente positiva.
  Entendo dentro da minha pouca experiência política que para se governar é preciso ser   líder, e essa função não é dada a ninguém ou por ninguém, nem por outro líder se      quer.
A liderança está em ter o saber próprio  de ter o tato com  situações difíceis! Tenho para mim que líder é aquele ou aquela quer não quer o poder a todo custo, e sim o aceita por indicação  do povo ou comunidade,  e esse poder nada mais é,  que é  representar as pessoas  no que elas não podem fazer individualmente.
E que liderança é essa   que o governo federal demonstrou com esse último episódio da aceitação do processo de  ao seu  Impeachment, na Câmara dos Deputados, que passa longe de 50% .  
 Sendo a Câmara dos Deputados o local   onde quase  tudo deve ser votado e autorizado. 
É essa a realidade que vivemos, ou seja catastrófica  e pois como governar sem apoio dos poderes?
Muitos falam, tudo isso está acontecendo porque  a oposição que não aceita o resultado da eleição, mas que oposição é essa o PSDB? Sinto-me afrontada com essa colocação, porque eu pertenço a um partido bem pequeno e não concordo com esse governo também, então não existe só dois partidos em nosso país, e agora três, porque entra em cena o PMDB. Há de se entender que  o que causou tudo  isso, não é o PSDB, mas sim o bolso das pessoas que estão vazios e sem esperança de ter algo dentro, com tanto  comércio, empresas e fábricas fechando ou reduzindo drasticamente os empregos e aumentando o desespero das famílias .
 Chega de tachar o povo que se levanta contra tanta coisa errada de PSDB,  nas manifestações  não tem partido tem povo sem financiamento fazendo essas manifestações, brigando pela queda dos juros e inflação e outros males que nos   rodeiam.
 E aí chego ao segundo ponto que queria destacar a vontade do povo, a  nossa constituição  traz em seu artigo 1º, parágrafo único, o dito que,  potencializa a vontade do povo ao determinar que todo poder emana do povo e a Constituição também prevê que o Impeachment,  é necessário quando o desgoverno se instala.  E o povo que foi a ruas , saiu a lutar baseado nisso, sem políticos e e pelos interesses de condições que foram prometidas pelos políticos que estão no poder e não podem agora cumprir.
Trazendo aqui para nossa realidade , para o nosso município,   da mesma forma o povo aqui tem poder, e direito de questionamentos e nós, pessoas públicas temos que aproveitar desses erros que estamos vendo lá mais distante e aprender que temos que fazer pela nossa população o que precisa ser feito e não é pouco a se fazer .
Vejo os últimos episódios como peça muito importante em nossa história, e a história tem a função também  de dizer o que dá e não dá certo, cabe a nós aprendermos ou não com a nossa história.
Vem aí o dia 21,  dia de Tiradentes que morreu pela liberdade, e  nós aqui , o que estamos fazendo pela liberdade, porque essa tem que ser conquistada a cada dia,
Penso que a nossa luta da liberdade agora,  é por nos livrar da    da corrupção, porque essa praga nos prende a vergonha, nos prende a dificuldade de ser pessoa pública, pois ainda estamos presos a um sistema vil.

Convido, Vamos no libertar !

13 abril 2016

Vamos Participar - Audiência Pública e o assunto é Cultura


O que é uma audiência pública? Entenda como funciona

Audiência Pública é um encontro feito na comunidade com a participação da população, a fim de buscar opiniões e soluções para as demandas sociais e ter acesso à resposta de pessoas públicas. Quando a comunidade é muito grande, normalmente a audiência é conduzida por pessoas de maior influência local, tomando o papel de porta-voz das demais opiniões. Mas ela também pode ocorrer em subgrupos, a fim de se discutir um assunto com maior profundidade.
Esse tipo de reunião existe para que todas as pessoas de uma comunidade possam participar do controle da Administração Pública. Como uma forma de exercício de cidadania, ela possibilita a troca de informações quando uma decisão afeta direitos coletivos.
A convocação de uma audiência pode ser feita pelos mais diversos motivos, dentro de diferentes segmentos, como meio ambiente, licitações, contratos administrativos, permissão de serviços públicos, dentre outros assuntos. Prevista pela legislação brasileira, pode antevir a realização de uma função administrativa e serve como subsídio para o processo legislativo e judicial.